Anderson Vilhena Santoro Mariano

Psicoterapeuta e Psicomotricista, CRP: 06/71207 – anderson@espacocuidar.com.br

 

Nascido numa primavera da década de 70, desde pequeno cultivo o hábito da observação. Me intrigava como as pessoas reagiam de forma tão diferente uma das outras às mais diversas situações do cotidiano. Percebia algumas pessoas mais alegres do que outras, algumas mais entusiasmadas, muitas nem tanto. De algumas pessoas recebia mais calor humano, de outras, porém, uma certa indiferença. Percepções como essas me faziam pensar o ser humano e me acompanhavam durante o passar dos anos. Acredito que a Psicologia tenha surgido como possibilidade de compreender tais questões e tantas outras que apareceram durante o meu caminho.

 

Na virada do milênio me graduei pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e desde lá trabalho neste universo da psicologia. Tive a oportunidade de estagiar em empresas e me aproximar um pouco mais na compreensão da motivação humana. O que fazia alguns serem mais motivados para o trabalho do que outros, exercendo a mesma função de um mesmo departamento? O que buscavam as pessoas? Quais seus sonhos, desejos, prioridades? Muitos pareciam saber precisamente o que os tornavam felizes. Outros nem desconfiavam. Algumas pessoas tinham uma habilidade invejável em lidar com o chefe mal humorado, outras se martirizavam. Algumas finalizavam o expediente radiantes, já outras, pesarosas por um dia cansativo e desgastante.

 

Atuando como psicólogo dentro de empresas pude mobilizar tais questões com os funcionários através de treinamentos, workshops, palestras e dinâmicas. Mudanças na qualidade de vida ocorriam, mas sentia a necessidade de aprofundar questionamentos que apareciam nestas vivências. Foi então que este universo, o do mundo corporativo, se tornou pequeno no meu entendimento e a prática clínica surgiu como possibilidade mais ampla de atuação.

 

Desde então, venho atuando exclusivamente na área clínica, com adultos e adolescentes, sedentos por maior compreensão sobre o agir, pensar e sentir humanos em suas próprias vidas e na das pessoas que os cercam.

 

Com o Espaço Cuidar essa realidade se torna viável. Recebemos as pessoas com os mais diversos questionamentos, angústias e expectativas, desejosos de uma vivência mais feliz, mais gratificante afim de exercerem o papel de suas vidas com mais autonomia e segurança. Compreendendo mais a si e aos outros saberão fazer escolhas e tomar decisões mais conscientes.

Anderson Vilhena Santoro Mariano - CRP 06/71247

gallery/20160516_203347