Arquivo por categoria: Psicologia e Alquimia

jun 05

Operações Alquímicas – Coagulatio e a função Sensação

Neste texto, começarei a falar das operações alquímicas traçando uma correspondência com as funções psicológicas descritas por Jung em sua tipologia. O processo de individuação pode ser considerado como uma busca pela integração das quatro funções (Sentimento, Pensamento, Sensação e Intuição), para se chegar ao centro – Self, ou à Pedra Filosofal. Sabemos que a …

Continue lendo »

abr 04

Mortificatio – O que deve morrer para dar lugar ao novo (Texto 8)

  Jung considerava a Alquimia muito ligada a aspectos psicológicos. Entrando nesse terreno, é importante dizer que as convicções religiosas de Jung não estão em questão, por isso já pontuei que o enfoque dado é o psicológico. No mundo ocidental temos a nítida polaridade entre o bem e o mal, herdada pelas religiões cristãs. Para …

Continue lendo »

fev 06

Separatio – Separar para integrar (Texto 7)

No post anterior, falamos sobre a matriz, que está relacionada ao feminino, à natureza, ao inconsciente como essa força e geradora de vida, que temos acesso em nós, se lembrarmos de buscar essa fonte, de nos conectarmos com ela. Hoje vamos ver uma das operações alquímicas, a “separatio” – que quer dizer separação: é o …

Continue lendo »

fev 06

A Matriz (Texto 6)

Vamos continuar essa série de textos sobre alquimia e processo de individuação. Estamos em nosso quinto texto. Quem não leu os anteriores, os links estão abaixo: O Caminho da Individuação e Alquimia As características da Opus Magnum A matéria-prima para realização da Opus Magnum O vaso alquímico Iremos agora falar sobre o que os alquimistas …

Continue lendo »

fev 06

A matriz de todo processo (Texto 5)

Nos posts anteriores traçamos a relação entre a Alquimia e o processo psicoterapêutico (clique aqui para ler o post), apresentamos as características da Opus Magnum (clique aqui), a matéria prima (clique aqui) e falamos sobre o vaso alquímico (clique aqui), local onde os alquimistas realizavam a transmutação da matéria, que relacionamos ao ambiente terapêutico ou …

Continue lendo »

fev 06

O Vaso Alquímico (Texto 4)

Dando continuidade à série de textos sobre Alquimia e Processo de Individuação, falaremos sobre o vaso alquímico, que era o local onde os alquimistas realizavam o seu trabalho de transmutação da matéria – sua Opus Magnum. Podemos relacionar esse vaso a um ambiente adequado para que o trabalho aconteça – e esse local pode ser …

Continue lendo »

fev 06

A Matéria Prima para a realização da Opus Magnum (Texto 3)

Já vimos nos posts anteriores que o procedimento da Opus Magnum é recolher a matéria prima e submetê-la às etapas alquímicas, e forma que as transformações resultem na Pedra Filosofal. Traçando um paralelo com a psicoterapia, podemos dizer que o trabalho de análise visa o Self (equivalente à Pedra Filosofal) através do caminho de autoconhecimento. …

Continue lendo »

fev 06

As características da Opus Magnum (Texto 2)

Este é o segundo texto da série sobre Individuação e Alquimia. No primeiro, apresentei de forma resumida as raízes da Alquimia e fiz a relação desta com o processo de Individuação proposto por Jung. Se você não leu o texto, aqui está o link. Agora, falaremos sobre as características da Opus Magnum – que é …

Continue lendo »

fev 06

O Caminho da Individuação e Alquimia (Texto 1)

Começo uma série de textos que apontam a relação entre o processo de individuação (proposto na teoria junguiana) e a Alquimia, e suas consequências no trabalho psicoterapêutico. Para Jung, a psique se desenvolvia de forma criativa, ampla, dando ao indivíduo a possibilidade de tornar-se alguém capaz de fazer escolhas autênticas e responsáveis. De forma geral, …

Continue lendo »