Anderson Vilhena Santoro Mariano

Detalhes do autor

Nome: Anderson Vilhena Santoro Mariano
Data de registro: 15 de maio de 2016
URL: http://espacocuidar.com.br

Últimos Posts

  1. Dia Internacional das Danças Circulares Sagradas – 14/03/2017 — 15 de março de 2017
  2. UMA POSSÍVEL COMPREENSÃO FENOMENOLÓGICA EXISTENCIAL DA CLÍNICA PSICOLÓGICA — 6 de março de 2017
  3. O que você deixou de ser quando cresceu? — 6 de março de 2017
  4. Movimento — 6 de fevereiro de 2017
  5. Guimarães Rosa — 6 de fevereiro de 2017

Posts mais comentados

  1. Curso novo no Espaço Cuidar: Recursos arteterapêuticos na psicoterapia infantil de base fenomenológico-existencial — 7 comentários
  2. Laços e nós – sobre amor e intimidade nas relações humanas — 1 comentário

Listas de posts do autor

mar 15

Dia Internacional das Danças Circulares Sagradas – 14/03/2017

  Comecei a dançar em roda há pouco mais de dois anos, e me apaixonei no exato momento em que, de mãos dadas, fui conduzida pela força do círculo, pela música dos quatro cantos do mundo e pelos passos cheios de sentido. Entendi que ali algo muito especial acontecia, e que nem sempre pode ser …

Continue lendo »

mar 06

UMA POSSÍVEL COMPREENSÃO FENOMENOLÓGICA EXISTENCIAL DA CLÍNICA PSICOLÓGICA

Texto escrito por Carmem Lúcia Brito Tavares Barreto (Doutora em Psicologia, Professora adjunta da Universidade Católica de Pernambuco vinculada ao Programa de Pós-graduação – Mestrado em Psicologia Clínica, coordenadora do LACLIFE- Laboratório de Psicologia Clínica Fenomenológica Existencial e pesquisadora do CNPq- integrante do Grupo de pesquisa em Psicologia Clínica)   Hoje compartilho um artigo muito interessante …

Continue lendo »

mar 06

O que você deixou de ser quando cresceu?

Sempre me incomodei com a frase “O que você vai ser quando crescer”, dita para as crianças. É como se ela ainda não fosse, ou não estivesse SENDO! A criança já é inteira em seu mode de ser aqui e agora.Claro que ela vai mudar, vai se desenvolver, vai amadurecer e descobrir outras formas de …

Continue lendo »

fev 06

Movimento

fev 06

Guimarães Rosa

fev 06

Florescer

fev 06

Texto extraído do livro “O Livro Tibetano do Viver e do Morrer” – Sogyal Rinpoche – Editora Talento / Palas Athena

1. Ando pela rua. Há um buraco fundo na calçada. Eu caio… Estou perdido… sem esperança. Não é culpa minha. Leva uma eternidade para encontrar a saída. 2. Ando pela mesma rua. Há um buraco fundo na calçada. Mas finjo não vê-lo. Caio nele de novo. Não posso acreditar que estou no mesmo lugar. Mas …

Continue lendo »

fev 06

Sobre a Arteterapia

A Arteterapia é ao mesmo tempo um campo de conhecimento e um fazer prático. Enquanto campo de conhecimento localiza-se na interface de diversas saberes – Psicologia, Pedagogia, Arte, Filosofia. Como fazer prático, utiliza-se de recursos artísticos empregados através da relação arteterapeuta/cliente, em contexto terapêutico. Segundo Ciornai, Arteterapia é o termo que designa a utilização de …

Continue lendo »

fev 06

A importância dos Mitos na Psicologia e na Arteterapia

Por que a Psicologia muitas vezes utiliza os mitos? De que forma eles permanecem significativos para nós? Vocês já perceberam que ao ouvir um mito, alguns conteúdos afetivos essenciais são despertados, eles “mexem” com algo dentro de nós, como se nos reconhecéssemos naquela narrativa, no conflito daquele herói, nos desafios e conquistas da jornada. Estudamos …

Continue lendo »

fev 06

O POTE VAZIO (Conto chinês)

Há muito tempo, na China, vivia um menino chamado Ping, que adorava flores. Tudo o que ele plantava florescia maravilhosamente. Flores, arbustos e até imensas árvores frutíferas desabrochavam como por encanto. Todos os habitantes do reino também adoravam flores. Eles plantavam flores por toda a parte e o ar do país inteiro era perfumado. O …

Continue lendo »

Posts mais antigos «